domingo, 22 de julho de 2012

Grafite

Gosto de ficar olhando os grafites que têm naquele túnel no final da Av. Paulista (adoro quando o nome não me vem à cabeça) e gostaria de um dia fazer aquele trajeto a pé, com muita calma. Mas sempre que passo por aí ou estou com muita pressa para chegar à USP, ou estou com muita pressa para chegar à Paulista (entenda-se a pressa como uma busca desesperada por comida ou banheiro).

sábado, 21 de julho de 2012

Mais 25!

Não sou fã da 25 de março, mas minha mãe e minha irmã sim! Pelo menos tem as lojas de biju, comida árabe e muitos locais para fotografar!

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Olhando para o céu

Junho é época de aniversários e fomos para Ubatuba celebrar 3! Na volta, acho que depois de comer muito cachorro quente, brigadeiro, bolo salgado, bolo comum, etc, eu estava completamente relaxada e viajando muito dentro do carro.
Não conseguia parar de olhar para as nuvens e pensar em como gostaria de estar num avião, decolando, passando por cada camada...

Nesse momento, estávamos na estrada Ubatuba-Taubaté, na altura de São Luiz do Paraitinga.

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Museu da Casa Brasileira

Ainda postando as fotos atrasadas, em abril fui ao Museu da Casa Brasileira. É um dos poucos museus em São Paulo que abriram suas portas para exposições de moda.
Ele é um museu sobre cultura material, especializado em design.
Está localizado na Faria Lima, esquina com a Cidade Jardim, e a mansão, da década de 40, foi erguida por Fábio da Silva Prado, ex-prefeito de nossa querida cidade.
Quem quiser conhecer mais, acesse aqui.


Quando fui, estava tendo uma exposição sobre ciganos. Montaram uma tenda no jardim para mostrar como eles vivem.



Piso do banheiro, original.

O banheiro da esposa de Fábio Prado, um luxo!

Adorei a perna dessa cômoda do século XVIII. Chama-se perna de valete!

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Tristeza que não sai de mim...

Comecei a ir para a escola com 4 anos, no prézinho do Caetano de Campos.
Lembro até hoje do meu primeiro dia, o nome da professora era Socorro. Lembro que tinha uma malinha para apoiar na cadeira, vermelha, com um desenho da Xuxa, minha mãe que fez e tenho até hoje guardado. Lembro dos livros e da roupa que usava. Das cantigas que aprendi lá, não conhecia muitas músicas populares, aprendi outras em casa. Lembro do parquinho, ainda posso vê-lo da janela do apartamento, mas é uma pena que não seja mais o mesmo.
Por que a escola está tão abandonada? Por que fecharam o prézinho? Virou um tremendo de um terreno baldio, com plantas gigantescas (não limpam o jardim há muito tempo), depósito de drogado (já vi imbecis pulando o muro para ficar fumando maconha ou usar outras porcarias lá).
Tristeza define tudo!

Ao fundo, vemos o prédio do prézinho. Saudades...

terça-feira, 17 de julho de 2012

Utilizando o Samsung Wave 533

Como já deixei bem claro neste blog, todas as fotos são tiradas com meu celular Nokia. Mas ele anda mal, depois de muitos anos de uso, e a bateria não é mais a mesma. Sem contar que eu saio sem o celular. Não sou totalmente apegada a ele, principalmente quando vou à 25.
Mas nada me impede que utilize o celular alheio. As fotos abaixo foram tiradas com o Samsung Wave 533, não utilizei nenhum recurso do celular, tudo no modo automático.

Esta foto foi tirada no jardim da casa do meu namorado. Nem sei que planta é essa, mas gostei dessas "bolinhas".

Pena que, logo depois da foto, meu sogro arrancou tudo e limpou o jardim.

Esta aqui foi tirada perto da Siqueira Bueno, não lembro exatamente a rua.

Final do dia na Vila Formosa. Ao fundo, Paróquia Nossa Senhora do Sagrado Coração.

domingo, 15 de julho de 2012

Uma vila por aí

Sempre que vou pra casa do meu namorado passo em frente à essa vila. Na zona leste tem muitos locais assim e morro de vontade de morar num lugar desses. Tentarei tirar mais fotos, com mais detalhes, para postar aqui.

Esta fica na rua Serra de Jairé, Belém.

Itaquera

No final de maio, fui à casa de uma amiga. Ela mora perto do metrô Itaquera e vi coisas bem legais por lá. Pena que não consegui uma foto boa do Itaquerão. Lindo à noite!!! Quem sabe mais pra frente, mas fica o registro desse grafite.

Achei sua expressão corporal parecida com a minha.

sábado, 14 de julho de 2012

Antony Gormley - Corpos Presentes

Já faz um tempo que está rolando essa exposição no Centro Cultural Banco do Brasil. A propósito, acaba este final de semana. Mas o que me chamou a atenção foram essas esculturas em tamanho real espalhadas pelo centro. É incrível olhar para o alto e descobrir aquelas esculturas no topo dos prédios. Não penso em suicidas, mas em observadores.
As duas fotos abaixo tirei de dentro do ônibus, no início de junho. Estava chovendo na hora, mas achei que ficou legal do mesmo jeito, um pouco melancólico.

Achei que esta foto está "Onde está o Wally?". Na hora esqueci do zoom.

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Voltando depois de muito tempo...

O blog estava completamente parado neste último mês, sem contar os anteriores, mas foi por uma boa causa. Estava dedicada a um projeto e deu tudo certo. Ainda bem, nem sei o que faria se não conseguisse. :)
Para este grande retorno, pensei em algo que representa muito São Paulo, gastronomicamente falando. Dia 9 foi feriado e por que não comer algo tão nosso? Não foi virado, nem pastel (típico, mas não foi isso) e sim o famoso bauru!!! Sou completamente viciada nesse lanche e abaixo vemos a foto de seu criador, quem teve a maravilhosa ideia!!

Esse busto está no Ponto Chic do Largo Paissandu.



E para quem quiser fazer em casa, segue um link com a receita original:
http://www1.folha.uol.com.br/comida/1062794-aprenda-a-preparar-o-famoso-bauru-do-ponto-chic-que-leva-tres-queijos.shtml