terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Utilizando o zoom

Outro dia fui passear na região da Luz. Aproveitei para visitar a Pinacoteca, o parque, dar uma volta pela região.
Gosto de painéis na cidade. Sempre penso que é uma solução para São Paulo. Aproveitar as grandes paredes dos edifícios e colorir, deixar uma marca, alegrar o ambiente tão monocromático às vezes. Adorei quando vi esse!!
Aproveitei para utilizar o zoom do celular. Em alguns casos, fica horrível, mas neste até que saiu bem. Depende de quanto estamos aproximando e também da bateria do mesmo.
Parece estranho, mas já notei que quando tem pouca bateria algumas funções da câmera parecem ser péssimas. Coisa da minha cabeça? Não sei, mas é a impressão que eu tenho após 3 anos com o celular.

Este painel foi feito por Daniel Melim. São Paulo agradece!

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Aniversário de São Paulo

Ontem foi o aniversário da cidade onde amo morar!!
Muitas pessoas reclamam de São Paulo, são reclamações que vão desde o custo de vida até a infra-estrutura, mas, apesar de todos os problemas, eu ainda aprecio andar por suas ruas, conhecer novos locais, bairros, pontos culturais, pessoas, etc.
Em São Paulo encontramos de tudo, é por isso que o post de hoje será de uma capela perdida no meio de tantas casas da Vila Formosa. Não lembro o nome exato da rua, mas é uma travessa da Eduardo Cotching.
Ares de interior em uma cidade tão grande!


Ainda descobrirei seu nome!

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

CCSP

Moro próximo ao Centro Cultural São Paulo e há muito tempo que não ia lá. Antes ia com frequência para assistir filmes, shows e usar muito a biblioteca.
Fico feliz de ver que o local está bonito, bem conservado, passando por reformas.


Este mural está próximo da saída do metrô Vergueiro.



Mural dentro do CCSP.

Adoro gatos!

Adoro gatos, não é à toa que tenho a minha companheira Chaplin. Passa a maior parte do tempo dormindo... E, de repente, acorda, mia por algo e volta a procurar uma cama.


Este está no metrô São Bento, saída do Vale.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Dormindo no ônibus

Eu sou o tipo de pessoa que quando senta no ônibus, metrô, trem, carro, já quero dormir! É algo instântaneo, não consigo me controlar. Por isso que, com certa frequência, acabo acordando sempre desesperada para não perder o ponto, às vezes simplesmente passo e acabo descendo dois, três pontos depois. Já conheci muitos pontos finais...
Como sempre, estava dormindo no ônibus e, de repente, acordo com um solavanco. Nada mal acordar com essa vista.

Av. Aclimação.

Centro

Passeando no centro, antes do Ano Novo, encontrei uma cena um tanto bizarra, mas explicável:

Próximo ao Largo São Francisco

Provavelmente, a intenção do dono da banca é que ninguém use o local para sentar, deitar, dormir, etc. Diria que é um anti-mendigo, devido a quantidade de caras que estavam por lá e o cheiro insuportável. Mas que pracinha mais fedida!!!
Cadê os abrigos pra galera, Kassab??

sábado, 7 de janeiro de 2012

Nunca se sabe o que podemos encontrar na rua

Em São Paulo há de tudo. A mensagem abaixo estava pichada em toda a esquina da Pamplona com a José Maria de Lisboa.

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Há um ano atrás...

Completará um ano desde que tirei estas fotos. Dia triste, mas o percurso todo rendeu algumas boas imagens.

Cemitério São Paulo.

Rua São Carlos do Pinhal.

Uma pena que este lindo casarão tenha virado estacionamento.

Nesta foto utilizei o zoom do celular.

Pac-Man

Estas fotos foram tiradas já faz um tempo. Um dia, indo para a USP, me deparo com esta cena maravilhosa em um túnel na Rebouças. Quem já jogou Pac-Man levanta a mão! E quem se desesperou com a sujeira também!!!
Imagina como foi pra limpar tudo isso para dar graça ao túnel.
Imagina essa sujeira no nosso pulmão!



Por onde começar?

Blog é uma coisa complicada. Muitos começam, poucos se comprometem. Idéias todos têm. Vontade de se expressar mais ainda! Cada um o faz de uma forma. Eu escolhi fotos!!!
Não sou fotógrafa profissional, nunca fiz um curso sequer e nem possuo máquina fotográfica. Aliás, com meu namorado compramos uma vez, mas a falta de uso fez com que ela fosse parar na mão da minha mãe e nunca mais retornou... Não estou reclamando a devolução do objeto, apenas contestando que ela utiliza muito mais, faz um ótimo uso registrando momentos familiares. Coisa que não faz o meu tipo, não gosto de registrar pessoas, muito menos eu!
Destino o blog a momentos singelos da minha vida, do meu cotidiano. Amo São Paulo e adoro fotografá-la. Me admiro como as pessoas que moram aqui há muito tempo desconhecem os locais, suas ruas, sua arquitetura.
Mas como registrar sem uma câmera? Simples, usando um celular que já tenho há 3 anos: um Nokia N78. Sem fazer muita propaganda ao modelo, apenas digo que ele é meu fiel companheiro e satisfaz minhas necessidades tecnológicas de comunicação e entretenimento (adoro Sudoku!!!).
Ocasionalmente, posso registrar com outros celulares e vocês ficarão admirados que um celular pode tirar uma boa foto, tudo depende do olhar!
Para o primeiro dia, selecionei minhas fotos favoritas e contarei um pouco sobre elas.
Prometo que somente este post será largo!!! Mas me animei em querer explicar "um pouco" o porquê deste blog.
Beijos.


Esta foto tirei em um dia útil, por volta das 13hs. Dá pra acreditar que a Praça parece completamente vazia? Garanto que havia muita gente na rua!


Passei o ano passado inteiro vindo uma vez por semana a este maravilhoso museu. Sempre agradeço de ter tido a oportunidade de fazer o meu TCC aí! Cheguei a tirar uma foto lá de cima do telhado!!!

Aqui vemos o interior do prédio dos Correios - Ag. Central.


 E por este post é só!